terça-feira, 30 de junho de 2015

Editora Abril passa por crise, mas a revista ‘Veja’ independe de propagada federal para sobreviver

José Vanilson Julião
Jornalista

Numa das principais redes sociais, o Facebook, tenho lido afirmações de simpatizantes do Partido dos Trabalhadores, alguns deles jornalistas, sobre a crise real que envolve uma das mais tradicionais e maiores editoras de revistas brasileiras, a Abril.
Da mesma forma alguns propagam que o governo federal, capitaneado pela presidente do momento, a petista Dilma Roussef, deixe de investir verbas de propaganda ou publicidade institucional, inclusive de interesse público, na revista semanal de informações “Veja”, da citada editora paulista.
Esta campanha incipiente contra a empresa editorial da capital paulistana praticamente começou a partir do surgimento da operação ‘Lava jatos’, em março do ano passado, e que, logo depois, ficou conhecido como o escândalo do ‘petrolhão’, devido envolver um suposto esquema de corrupção e lavagem de dinheiro dentro da Petrobras, a estatal nacional prospecção, exploração de petróleo e comercialização de combustíveis e derivados.
Neste artigo faço uma espécie de ‘jornalismo comparado’ e demonstro que, bem antes de estourar o escândalo envolvendo doleiros, empreiteiras, diretores da petrolífera (indicados pelos partidos de sustentação da gestão do PT) e políticos, inclusive deputados federais, senadores e filiados da legenda do ex-presidente Lula da Silva, a revista fundada em meados da década de 50 independe de propaganda governamental para sobreviver.
Pego aleatoriamente a edição do dia 6 de novembro de 2013. São 146 páginas. Somente há publicidade de empresas privadas. São 57 propagandas de páginas inteiras. Sem contar pelo menos três institucionais da editora. E anúncios menores. Inclusive a contra capa e a página anterior tem conteúdo propagandístico. Assim com a segunda página e as primeiras cinco subseqüentes.

Nesta edição há apenas duas chamadas de capa para as reportagens internas. A principal manchete fala da ‘estética do risco’ para as mulheres. Em cima chamada para uma matéria especial sobre Cuba, demonstrando que o dinheiro brasileiro ajuda a sustentar o regime dos irmãos Castro e detalha o desastre econômico e social da ditadura comunista na famosa ilha do Mar das Antilhas ou Caraíbas, onde somente “existem dois tipos de pessoas: os dirigentes e os indigentes.”

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Poti Neto, conclama jovens e mulheres a se filiarem ao PMDB

O vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Poti Neto, fez uma conclamação aos jovens e às mulheres de seu município para que procurem ter uma maior participação na vida política, por entender que esse engajamento proporciona resultados positivos em favor do município. Destacou que o PMDB está aberto a todos que tiverem interesse.
- A presença da juventude e das mulheres traz, não apenas, sangue novo à atividade política, como também lhe dá maior força e representatividade.
Para Poti Neto é inquestionável que quanto maior for a participação popular nas decisões políticas, mais chances essas decisões terão de serem acertadas e compatíveis com o desejo da população.
- A cada dia, a gente sente, especialmente nesses dois segmentos, a consciência de que as pessoas precisam estar presentes na vida política, pois é de lá que saem todas as decisões, todas as providências que influenciam em nossa vida.
E prosseguiu: “Cabe a cada um de nós definir qual a participação que devemos ter. Ou seja: Se preferimos ficar mais distantes, como mero espectadores; ou se devemos encarar a responsabilidade de também oferecer a contribuição que cada um pode dar para a construção de uma vida melhor.
Poti Neto lembra que a vida pública está aberta a todas as pessoas. Tanto aos mais jovens, quanto aos mais idosos. Explicou que a sua conclamação é para a participação de todos.
- Apenas, priorizo a juventude – esclareceu - porque entendo que todos os pais e todas as mães de família, depois que chegam numa determinada idade, possam a desejar e a sonhar que, aquilo que não puderam realizar por falta de condições, possa ser feito pelos seus filhos e até mesmo pelos seus netos.
No próximo ano vai haver eleição municipal – lembrou o vice-prefeito – e poderia ser uma boa oportunidade para que as portas dos partidos políticos estejam abertas a todos.
- As portas do nosso PMDB, por exemplo, estão abertas. E eu lembro que qualquer pessoa pode se credenciar a sair candidato a alguma função eletiva pelo nosso PMDB. Para isso, a primeira providência, é que a pessoa procure se filiar, o mais tardar, até o final de setembro.

Festival de gastronomia com base no camarão agita, no sábado (4), o Clube de Radioamadores de Natal/RN

Tradicional evento da gastronomia potiguar acontece na sede do clube, na Rua Rodrigues Alves, no bairro do Tirol, proximidades do América e do quartel da Polícia Militar. Serão  quatro horas de espetáculos e buffet completo

As melhores receitas que utilizam o crustáceo símbolo do nosso Estado, preparadas por quem mais entende da matéria-prima, o restaurante Camarões.
Assim será o Festival de Camarão do Clube de Radioamadores de Natal, no próximo sábado, dia 4 de julho.
O Festival é uma realização do Clube de Radioamadores,  com apoio da ANCC – Associação Norte-rio-grandense de Criadores de Camarão, Restaurante Camarões, Destaque Promoções e rádio Cidade.
O evento, que já está no calendário do tradicional clube do Tirol, será ainda mais incrementado este ano.
A novidade é a cozinha montada no local, especialmente para a ocasião, pelo restaurante Camarões. Serão quatro horas de buffet fixo, das 13 às 17 horas, com vários pratos à base de camarão mais os acompanhamentos.
Para quem tem restrições ao crustáceo, o restaurante levará pratos alternativos como feijoada, paçoca de carne de sol e pasteis.
“Vamos servir uma tonelada de comida. Só de camarão são 600 kg! E no padrão da casa. Tudo será preparado no local e para isso o Camarões trará equipamentos de sua moderna cozinha para uma estrutura especial que vamos montar aqui no Clube”, detalha Antônio Ferreira, presidente do Clube dos Radioamadores.
Já o serviço de bar terá à frente uma experiente equipe de nove garçons que já atuam no restaurante do clube, sob a administração de Temístocles Amador - do lendário Kazarão. As senhas custam R$ 70,00, com direito ao Buffet e aos shows, e estão à venda na sede (avenida Rodrigues Alves, ao lado da Cidade da Criança).
O embalo musical será ao som de três atrações e muitas participações especiais. O grupo GMP Trio abre o palco, seguindo da banda Mistura Fina tendo a participação especial do cantor Walid Abbas.
Clássicos da MPB de várias épocas, além de sambas e xotes estarão no repertório. Para encerrar se apresenta a banda Encontro Musical, apresentando muito choro e samba.
Vendas no local, ao lado da Cidade da Criança, ou mais informações com Temístocles Amador: 99975-4763. Assessoria de Imprensa: Dionísio Outeda (99974 3839 e 98820-8769)

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Deputado Rogério Marinho: “Dilma entra para a História como apoiadora de ditadura que sangra a Venezuela”

A polêmica recepção do governo da Venezuela a comitiva de senadores brasileiros, na semana passada, foi tema de pronunciamento do deputado federal Rogério Marinho (PSDB), na tribuna da Câmara nesta quarta-feira (24). O tucano disse que a oposição pedirá a exclusão do país vizinho do Mercosul por não cumprir a cláusula democrática exigida aos membros do bloco e acusou o governo do PT de destruir a boa tradição da política internacional brasileira. “Colocam os interesses ideológicos acima da democracia e da liberdade”.

Para Rogério, ao se negar em defender a realização de eleições livres e limpas na Venezuela, condenando a prisão de adversários políticos do governo Nicolás Maduro, a presidente Dilma Rousseff “entrará para a História como apoiadora de uma ditadura que sangra o povo venezuelano”. O chanceler Mauro Vieira e o embaixador brasileiro no país, Ruy Pereira, podem ser convocados pela Comissão de Relações Exteriores no Senado para explicarem a omissão e a cumplicidade do governo do Brasil com as agressões sofridas durante a visita de senadores.

O deputado federal reafirmou que o governo Dilma “tem feito uma política externa onde não há preocupações maiores com os direitos humanos. É uma política que se alinha ideologicamente com as piores ditaduras em voga no mundo. Há uma relação do governo brasileiro com a chamada revolução bolivariana, que está atacando a imprensa, aparelhando o Estado e implantando um regime único nos países que adotam tal modelo. É um desastre para a democracia no continente”.

Rogério disse ainda que os brasileiros têm “profundo respeito pelo povo venezuelano, pela luta e resistência dos que se opõem ao regime do ditador Maduro”. Segundo o tucano, a luta pela liberdade deve ser de todos. “Não podemos aceitar que países vizinhos do Brasil ultrajem direitos políticos e prendam líderes e cidadãos por crime de opinião. Hoje, infelizmente, o povo da Venezuela sofre de todas formas com o totalitarismo do sistema bolivariano e a repressão violenta de Maduro”, disse.

Em março deste ano, a Anistia Internacional novamente denunciou mortes, torturas e prisões arbitrárias na Venezuela. A instituição computou o assassinato de 43 oposicionistas nos protestos de 2014 em várias cidades. Além disso, foram detidas de forma arbitrária 3.351 pessoas pela ditadura chavista. Quase 1500 indivíduos estão enfrentando processos e 25 ainda estão na prisão aguardando julgamento.

Audiência sobre adoção de crianças na Assembleia Legislativa acontece na manhã desta quinta-feira

Por proposição do deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa será realizado a partir das 9h desta quinta-feira (25), no auditório do Poder Legislativo, audiência pública sobre “Adoção de Crianças No Rio Grande do Norte”. Na audiência será lançada a campanha publicitária “Adoção: Amor Não Se Escolhe”.

“O nosso objetivo é conscientizar as pessoas sobre o processo de adoção, incentivando os norte-riograndenses a adotarem. E mais do que isso, que este ato seja feito com amor e desprovido de qualquer preconceito", afirma Ezequiel Ferreira.

Segundo dados do Cadastro Nacional de Adoção, até o dia 23 de junho, 33.307 pessoas estavam no cadastro como pretendentes à adoção, enquanto 5.523 estavam disponíveis para encontrar nova família. No Rio Grande do Norte, 37 crianças e adolescentes aguardam adoção e 215 famílias estão cadastradas para receber um filho adotivo. Especialistas e entidades ligadas diretamente à causa vão expor dados, exemplos e propor soluções para conscientizar a população sobre a importância da adoção.

Para a audiência desta quinta-feira foram convidadas famílias que têm crianças adotadas, representantes do Projeto Acalanto (que apoia famílias no processo de adoção), das unidades de acolhimento de crianças para adoção, Aldeias Infantis SOS de Natal, Caicó e Mossoró, além de juízes das varas da Infância e da Juventude e representantes do Governo do Estado, da Prefeitura de Natal, do Ministério Público e secretarias municipais de Assistência Social da Grande Natal.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Plano Municipal de Educação de Parnamirim é aprovado pelo Poder Legislativo com três emendas

Em sessão realizada na noite desta terça-feira, dia 23, vereadores aprovaram o Plano Municipal de Educação, elaborado pelo Executivo, com 37 alterações

O Plano Municipal de Educação (PME) – documento composto por 20 metas e 286 estratégias elaboradas pelo poder Executivo – foi aprovado na Câmara Municipal de Parnamirim (CMP), durante sessão realizada na noite de ontem, dia 23. O documento sofreu o encarte de três blocos de emendas que resultaram em 37 alterações no texto original. “Fizemos alterações que vão beneficiar a população. A Câmara cumpre o seu papel e auxilia o Executivo na elaboração do PME”, diz o presidente da CMP, vereador Ricardo Gurgel (PSB).

De acordo com o vereador Giovani Júnior (PSD), as emendas apresentadas estão divididas em três tipos: supressivas, aditivas e modificativas. “Apresentamos as emendas nesses três blocos. Com o novo texto, são quase 40 alterações ao projeto original”, afirma.

Entre as mudanças, Giovani destaca as emendas que garantem a criação do Conselho Municipal de Transporte Escolar e definem a criação de uma Biblioteca Municipal até 2016. “A construção da Biblioteca já estava prevista no PME, mas não havia nenhuma data assegurada. Já o Conselho de Transporte Escolar é importante porque vai fiscalizar a aplicação de recursos federais nesse setor”, explica.

Outra alteração apresentada pelos vereadores garante incentivo aos professores e demais servidores das escolas municipais. Os profissionais da escola que melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 20% terão acréscimo, também de 20%, no pagamento do 13⁰ salário. “É uma forma de valorizar o esforço de todos os profissionais envolvidos na educação”, acrescentou Giovani.

O PME será enviado ao Executivo e o prefeito Maurício Marques vai apreciar as emendas encartadas. O prefeito pode acatar ou vetar as modificações. (Assessoria de Imprensa)

terça-feira, 23 de junho de 2015

Do Rio Grande do Norte para o mundo: cartunista tem dúvida se 'elimina' os personagens das 'tirinhas'

Brum
Chargista da TN

Olá pessoal, chegou a hora de dar um ponto final (será?) na primeira trilogia das minhas tiras.
Dois livros depois,continuo com minha vidinha mais ou menos, trabalhando nas madrugadas, conservando gigantescas olheiras, ganhando safanões do meu editor e puxões de orelha da minha esposa (ou vice-versa), cultivando uma barriguinha nada sexy, não entendendo a existência dos cabelinhos no nariz e passando tantas horas na prancheta que não consigo um tempinho pra tentar ganhar dinheiro.
Ainda bem! Assim, minhas tiras não se tornam uma chata história de sucesso, cheias de lições, e continuam sem compromisso nenhum, apenas o de roubar risadas de quem as lê.
Mas é aquela velha história... Se por um lado minha vida me rende divertidas tiras, por outro ela não me possibilita ter grana para publicá-las. Por isso, este ano, tive que partir pro Catarse pra conseguir colocar este projeto na rua (não, isso não é um pedido de patrocínio).
Aliás, pra fechar com chave de ouro a trilogia, convidei um timaço de artistas da área, separei algumas recompensas bacanas e abri um espaço no livro para que VOCE vire personagem.
Pra quem não conhece as tiras ou não sabe como funciona o Catarse, ou quer saber sobre as recompensas ou como virar personagem, no link tem tudo explicado. Por isso eu peço a todos que entrem no endereço abaixo, ao menos pra saber do que se trata, e se gostarem: colaborem! E se não puder colaborar, ao menos divulguem (sim a divulgação já ajuda muito).

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Sobre a Interdição do Teatro de Cultura Popular

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Fundação José Augusto acompanhou nesta segunda-feira (22) a vistoria realizada pela Defesa Civil e Vigilância Sanitária que resultou na interdição do Teatro de Cultura Popular Chico Daniel e se compromete em sanar no menor tempo possível os problemas estruturais apontados pelo laudo técnico. 
Algumas medidas necessárias já estão encaminhadas, por meio de contratos, como manutenção corretiva com reposição de peças dos ares-condicionados e dedetização geral, que será realizada até o final deste mês, junto com o prédio da Fundação e demais anexos, Gráfica Manimbu e Instituto de Música Waldemar de Almeida. 
A inspeção verificou ainda problemas na rede elétrica, na saída de emergência e de infiltração, o que tem gerado mofo em diversos pontos do prédio.
A reforma do teatro já havia sido discutida durante o planejamento da gestão, realizado em abril deste ano. 
Nesta terça-feira (23), a equipe de engenharia da FJA fará vistoria do prédio para iniciar o projeto de reforma. A partir daí, poderá ser aberto um processo de licitação para início das obras. 
O TCP foi fundado em 2005 e ao longo desses dez anos não passou por nenhuma reforma importante. A manutenção também era falha, pelo que se pode constatar. Em 2013, a Defesa Civil chegou a fazer recomendações que não chegaram a ser cumpridas. 
Dessa forma, a Fundação José Augusto entende a necessidade da interdição para a segurança do público e dos artistas, bem como de seus funcionários. As atividades foram suspensas temporariamente. Mas a instituição espera que esse período seja breve e que logo sejam reabertas portas e cortinas desse importante equipamento cultural.

domingo, 21 de junho de 2015

Era uma vez uma pequena Veneza...

José Vanilson Julião
Jornalista

Houve um tempo em que a Venezuela, um dos países que faz fronteira com o Brasil (exceto Equador e Chile), era um vizinho conhecido por fatos e situações mais amenas ou históricas.

Primeiro por ser a nação mãe do general Simon Bolívar, considerado um dos “libertadores da América”, ao lado de um chileno, um argentino e, porque não afirmar, o português Dom Pedro I, o primeiro imperador brasileiro.

E também por ser um dos maiores produtores mundiais de petróleo, o ouro negro, extraído do lago Maracaíbo, no Mar das Antilhas ou Caraíbas, pano de fundo para o filme “Fogo em Maracaíbo” (1958).

A Venezuela, como o único país não árabe, foi um dos fundadores e membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (o óleo de pedra), sendo um dos protagonistas da crise mundial de 1973, no auge do milagre econômico brasileiro.

O nome do país vem de Veneza, a cidade italiana sitiada pelas águas do Mar Mediterraneo, pois os descobridores do território compararam as palafitas da população autóctone com a famosa urbe do país da bota.

Pelos livros de História Geral ou pela enciclopédia Conhecer (Editora Abril), que apareceu em 1968, sabia-se algo dos venezuelanos.

Pela revista semanal Revista do Esporte vinha informações sobre as duas goleadas do selecionado nacional sobre o time ‘Vino Tinto’ nas eliminatórias da Copa em 1969.

O primeiro jogo aconteceu em Caracas (10 de agosto): 0 x 5 Brasil. A segunda partida aconteceu no Rio de Janeiro (24/8): Brasil 6 x 0. Goleadas que contribuíram para o meia-atacante Tostão, então no Cruzeiro de Belo Horizonte, desbancar Pelé como artilheiro na fase preliminar do Mundial do México (70).

Mulheres tipo exportação

Mais o que chamava mais atenção na Venezuela era a tradição do País em ter suas representantes eleitas, em primeiro lugar, quase que em série, nos três principais concursos de miss do planeta: Universo, Mundo e Beleza Internacional. São 17 títulos.

Pelo Miss Universo, desde 1952, são sete títulos (79/81/86/96/2008/09/13), um a menos que os Estados Unidos da América, principal ganhador.

No Miss Mundo, desde 1951, são cinco conquistas: 55/81/91/95 e 2011. No concurso Beleza Internacional, a partir de 1960, repete as cinco conquistas: 97/2000/03/06 e 2010.

Bem, a partir de Hugo Chaves e um tal de Maduro, falta papel higiênico, mas sobra fanatismo...



sábado, 20 de junho de 2015

Jornalista faz uma radiografia do jeito Lula de agir

Está cada vez mais claro, diria até cristalino, o momento do juiz Moro chamar Lula aos carretéis da justiça.
Para uma pessoa minimamente racional a promiscuidade entre empresas, o ex presidente Lula e o Partido dos Trabalhadores, com metástase na tal base aliada, é uma realidade incontestável.
Os depoimentos e o que salta dos arquivos dos computadores, emails e conversas telefônicas, restam suficientes para a formatação de um mapa detalhado da organização criminosa na esfera federal do governo brasileiro sob a égide do PT.
As relações promíscuas de Lula não tiveram como fronteira o fim do seu reinado. Continuaram até hoje.
Quem viu Lula discursar no exterior para a CUT? Para o PT? Para qualquer movimento dos trabalhadores? Não, Lula só viajou para o exterior para palestras ligadas aos interesses das empreiteiras. Recebendo milhões fazia conexões e prometia financiamentos via BNDES para que as empreiteiras que assessorava realizassem obras em vários países, em contratos superfaturados e com comissões partidárias e pessoais devidamente acertadas.
Lula nunca levantou a bunda para defender os trabalhadores. Mas viajava com prazer para fechar contratos para a elite que critica em discursos para platéias regiamente escolhidas na execução da farsa do bater no público e bebericar e fechar negócios no privado.
O discurso da união regional, batom e esmalte dos seus discursos no exterior, seguidas de reuniões secretas com presidentes, ministros e executivos das empreiteiras, é um factóide acadêmico. União regional e sua importância, lero de Lula para iludir incautos, é dissertação, tese, arranjo mídiatico para encobrir tenebrosas transações para benefício da empresa PT.
Com o cerco começo a crer que Lula pense em pedir asilo político. Na Venezuela não pois em breve o chavismo sai via eleições. Na Bolívia não pois sua majestade deve achar o país pobre. Cuba também não. É muito pobre e perto dos EUA. Deve pedir para a Argentina.
Aguardem cartas. Tá chegando a hora do rei ficar nú.
Por Flávio Rezende

De Secretaria Estadual de Defesa Social, Corregedoria Geral, Escola de Governo e Emater/RN


Correção: há um equivoco na postagem anterior, mas a fonte corrige a informação que prestara inicialmente. A Secretaria de Defesa Social não retornou para o prédio da Empresa de Assistencia e Extensão Rural (Emater/RN), no Centro Administrativo do governo estadual, no bairro de Lagoa Nova.

Na verdade, como o blog fora informado anteriormente, a Corregedoria Geral é que vai, provavelmente nesta próxima semana, para a sede da Emater, pois, assim, segundo a mesma fonte, se mandarem a Sesed sair da Escola de Governo, poderá ser alegado que a Sesed não tem pra onde ir.


No caso a Sesed teria que retornar para Emater, mas essa vai está ocupada pela corregedoria. As demais informações do post anterior são reiteradas pela fonte.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

ABC parcela dívidas de ações trabalhistas com jogadores

Departamento Jurídico confirma resolução do Ato Trabalhista

O Departamento Jurídico do ABC obteve uma importante conquista para o clube nesta quinta-feira (18). O vice-presidente jurídico, Alexandre Pinto, juntamente com a diretoria alvinegra, confirmou a resolução do Ato Trabalhista, que garante ao Mais Querido o parcelamento de todas as suas dívidas trabalhistas, impossibilita o bloqueio de contas e a penhora de bens do clube.
Conforme a Portaria Nº 01/2015 – GJCAEx, o Juiz do Trabalho da Central de Apoio à Execução das Varas do Trabalho da Capital, Cácio Oliveira Manoel, deferiu resolução e por este ato, o ABC Futebol Clube submete-se ao regime especial de execução, segundo art. 5º do Provimento TRT/SCR nº 04/2012.
De acordo com a execução de tal regime, a cobrança dos débitos trabalhistas será parcelada mensalmente, no qual todos os processos serão reunidos na CAEx, que ficará responsável por parcelar e distribuir o dinheiro dos processos paulatinamente, até o débito de toda a dívida. Com isso, todas as possibilidades que incluem penhora de bens do clube e bloqueio das contas são excluídas, assim como, fica garantida a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas.
É indispensável frisar que tal ato trata-se de uma importante conquista à instituição ABC Futebol Clube e sua história. Conquista que, deixa em destaque e enaltece o trabalho do núcleo de juristas do Clube do Povo, formado por conselheiros da área do Direito e encabeçado pelo Dr. Alexandre Pinto.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Projeto de lei garantirá passagem gratuita interestadual para idosos no município de Parnamirim/RN

A dificuldade no atendimento da lei de gratuidade ou abatimento no preço das passagens no transporte interestadual, para maiores de 60 anos, no RN, é gritante.
A maioria das empresas de transporte coletivo, principalmente por ônibus, pede para que o solicitante do direito (passageiro) o busque em lugares ou locais pontuais.
Exemplo: uma empresa que faz a linha para Recife (PE) somente possibilita o atendimento da resolução 1692/2006, da Agencia Nacional de Transportes Terrestres, no terminal rodoviário da Cidade da Esperança, na capital potiguar.
Preocupado com a dificuldade de locomoção dos idosos até o local em que é possível solicitar o serviço, o vereador Jeová Alves colocará em votação, nos próximos dias, no plenário do Poder Legislativo municipal, projeto de lei que obrigará as empresas concessionárias, que tenham guichê na cidade, a conceder a solicitação nestes locais.
Maria do Desterro, 67, que buscava bilhete para Teresina (PI) nem sabia do direito que lhe assegura a gratuidade. Assim constata-se a falta de informação da população e o conseqüente desinteresse de buscar o serviço assegurado por lei, uma vez que a dificuldade é muito grande. De locomoção e espera.

Carteira
Para emissão da carteira do idoso o interessado deve procurar o Centro de Referencia e Assistencia Social (CRAS) do município ou a Secretaria Municipal de Assistencia Social.
O idoso será incluído no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal e recebe o Número de Identificação Socialv(NIS).
As carteiras são emitidas pela secretaria de acordo com modelo  elaborado pelo MDS e está disponível no SuasWeb. O acesso dos municípios ao sistema é realizado por meio de senhas.
Pelo decreto de 2006, para ter direito ao desconto, de no mínimo 50% no preço da passagem, o idoso deve adquirir o bilhete obedecendo aos seguintes passos:
1 – Máximo de seis horas de antecedência para distancia de até 500 quilometros; 2 – Máximo de 12 horas para distancia acima de 500 km.
Observação: as pessoas que tem como comprovar renda não necessitam da carteira do idoso para ter acesso a gratuidade ou com desconto no transporte interestadual.
Basta apresentar o comprovante de renda e a carteira de identidade. Mais informações detalhadas pelo telefone 0800 707 2003

(fonte: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome/JORNAL REGIONAL)

Deputado estadual requer ao governo estadual melhorias nos acessos aos municípios de Jandaíra e Galinhos

O deputado estadual José Adécio, do partido Democratas (DEM), protocolou na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, requerimento, solicitando ao governador do Estado, Robinson Mesquita Faria (PSD), e ao diretor geral do Departamento de Estrada e Rodagens (DER/RN), Jorge Ernesto, a execução de obras para construção e melhorias de acesso a áreas dos municípios de Jandaíra, na chamada região do Mato Grande, e Galinhos (litoral norte).
As estradas a serem contempladas com o futuro benefício são os acessos que liga a rodovia federal BR-406, município de Jandaíra, a praia de Santa Izabel, no município de Galinhos, além do trecho ligando a comunidade do Cabeço ao distrito de Tubibal, no município de Jandaíra, e o assentamento Pirangi, no município de Galinhos. (com informações do blog de Valderi Tavares, o "VT", principal fonte noticiosa do Vale do Açu)

terça-feira, 16 de junho de 2015

Servidor de São Gonçalo recebe 50% do décimo dia 19

A Secretaria de Administração e Recursos Humanos e Secretaria de Finanças de São Gonçalo do Amarante, por meio dos secretários Miguel Teixeira e Luiz Henrique, respectivamente, anunciaram nesta segunda-feira (15) o pagamento da antecipação de 50% referente a primeira parcela do décimo terceiro salário. 
Por determinação do prefeito Jaime Calado o funcionalismo público municipal receberá o pagamento nas contas no próximo dia 19. A folha extra da antecipação já foi enviada ao Banco do Brasil no valor de aproximadamente R$ 2,4 milhões. 
“Apesar das dificuldades estamos garantindo essa antecipação por que é importante para o nosso funcionalismo que conta com esse dinheiro, seja para pagar dívidas ou para fazer compras. É um investimento significativo na economia do nosso município para aquecer o comércio local nesse período de festas juninas”, enfatizou Jaime. 

domingo, 14 de junho de 2015

A face oculta e um partido desnudo, eis a descoberta do jornalista do bem e da luz

O TEMPO DAS COISAS É O TEMPO DAS COISAS

Por Flávio Rezende*

         Ao longo de nossa passagem pela materialidade ao tempo em que existimos, vamos gostando de coisas e mais coisas e, depois, valorizando mais outras e, abandonando algumas, ou até mesmo deixando no cantinho para que não morram e possam voltar – ou não, em novos tempos ou em momentos a posteriori.
         E nesse gostar e odiar coisas e mais coisas, o tempo dessas coisas é o tempo dessas coisas, sem que aparentemente possamos conscientemente dizer por quais e tais motivos as coisas são importantes em alguns momentos e, em outros, são meras lembranças. A vida é assim e nenhuma filosofia mais complexa e profunda tira da transitoriedade das coisas, essa coisa das coisas serem assim e assim são e pronto.
         E essas coisas que são e essas coisas que foram e essas coisas que serão, são coisas que jogamos carinhoso olhar no retrovisor ou que no momento gostamos de falar sobre as mesmas, lembrando agora de quantas coisas já gostei e que hoje não tem mais importância alguma, citando as lutas de boxe que envolviam Muhammad Ali, Joe Frazie, Mike Tyson, George Foreman;  a Fórmula 1 com Senna; os clássicos Flamengo e Fluminense, mantendo apenas relativo interesse por futebol, mais em solidariedade a meu filho Gabriel Kalki que quer ser jogador, que mesmo por achar muito legal os jogos e pelejas atuais.
         Assuntos que já dominaram minha mente e eram temas constantes em meus “escritos”, hoje são apenas reminiscências como a questão ecológica que continuo gostando mais no aspecto de cumprir minhas obrigações para um mundo melhor, mas nada que me ocupe mais que leituras e presença em eventos pontuais. A questão da religião, onde fui entusiasta militante, hoje é interessante no que diz respeito agregar uma ética ao existir, ficando cada vez mais claro que a essência religiosa de tudo é uma postura e que todas as coisas relacionadas, são apenas experiências dos outros e, que em determinados momentos, servem ou não servem para condutas que julgo corretas em meu existir terreno.
         E nesse fluir atualmente tenho me interessado em escrever sobre a questão política nacional e, vários amigos em grupos de convivência cibernética, criticam certa constância e insistência neste setor, no que respondo, que fosse eu cirurgião, certamente passaria o dia realizando procedimentos relativos a este mister ou, fosse corretor, igualmente estaria tecendo loas sobre apartamentos e mansões, buscando potenciais compradores para os imóveis que estivessem a venda neste universo comercial tão dinâmico na atualidade.
         Como sou escritor e jornalista e movido sempre a prática da escrita, é esse assunto que me inspira e me vem à mente, pedindo perdão a quem se incomoda, mas ao mesmo tempo pedindo vênia posto que livre, posso divagar e expressar o que bem entenda, ficando a critério do leitor ler ou não, concordar ou não, sendo normal e democrático o processo de balançar a cabeça afirmativamente ou negativamente, em lagartixística participação neste relacionamento que os escritores mantém com seu público receptor.
         Pode ser que essa coisa de criticar as posturas do Partido dos Trabalhadores na atualidade seja coisa de marido traído. Como era simpatizante, votante e defensor intransigente do PT, acreditava piamente que ele mudaria todas as práticas políticas vigentes, implantando verdadeiramente posturas corretas e éticas neste mar de lama em que nos encontramos faz tempo.
O fato de descobrir que era tudo farsa, que por debaixo do pano a prática dos líderes era igual ou pior de tudo que tanto falávamos e combatíamos, tudo isso me levou a um estado de chateação tão grande, uma amargura, uma perda de esperança tão profunda, que encontrei nessa coisa de baixar o cacete, uma certa remediação, uma certa obrigação para comigo mesmo e, nesta coisa ainda presente, continuarei até que um outro assunto, se faça presente e, minha mente, naturalmente, passe a gostar, se inspirar e simpatizar com algum outro assunto.
         Enquanto isso não acontece, sigo fazendo o que gosto, expondo o que vem de dentro para que externamente, possa ter serventia para alguém ou, simplesmente, extravase algo que é natural em quem produz textos como vício e com essa coisa de satisfação pessoal e profissional.

·       * É escritor, jornalista e ativista social em Natal/RN (escritorflaviorezende@gmail.com)

sábado, 13 de junho de 2015

O amadorismo da secretária de Defesa Social/RN a faz recuar. Sede da Sesed sai da Escola de Governo e retorna para a Emater

Temendo sofrer uma ação de despejo da Escola de Governo, pois sabe que ocupa esse local de forma arbitrária e irregular, a secretária estadual de Defesa Social, delegada Kalina Gonçalves Leite ligou para a Corregedoria Geral e mandou que agilizassem às pressas a mudança para a sede da Empresa Assistencia e Extensão Rural (Emater), antigo local da Sesed, no Centro Administrativo (Lagoa Nova). Só assim quando for expulsa da Escola de Governo ela pode alegar que não tem onde ficar.
A atual Secretária de Segurança Pública, que vive no “País das Maravilhas”, foi alertada que a Escola de Governo deve servir para cursos oferecidos aos servidores, e que ela poderá responder a mais uma ação judicial e, por isso, portanto ela sabe que está cometendo irregularidade em ocupar aquele local.
A Constituição Federal do Brasil (Art. 39, § 2º) determina que a União, os Estados e o Distrito Federal mantenham escolas de governo para a formação e o aperfeiçoamento dos servidores públicos.
         É bom lembra que em fevereiro desse ano, Kalina Leite tentou tomar posse da Escola Estadual Manoel Dantas, no bairro de Tirol, tomou para si as chaves da escola, que se encontrava fechada, desde dezembro de 2014, e ordenou que a Acadepol (Academia de Polícia) ocupasse o local, porém com a mobilização de moradores, professores, mães e alunos, e com o apoio da vereadora Amanda Gurgel, decidiu devolver as chaves da escola.
Para consultar essa informação basta acessar o link: http://www.amandagurgel.com.br/noticia/escola-estadual-manoel-dantas-e-reaberta/
            O fato da Sesed está ocupando a Escola de Governo pode gerar prejuízo para a população, que é atendida pelos servidores, pois se sabe que servidores bem preparados tratarão bem ao público, mas para que eles sejam bem preparados e capacitados precisam da Escola de Governo para freqüentarem cursos, se requalificarem e ter ascensão na carreira. 
            Ainda sobre o destino da Corregedoria Geral é bom ressaltar que a lei de 231/2002 está sendo fruto de um grupo de estudos que quer modificá-la, porém o tal grupo não está abrindo consulta pública, também não está informando ao legislativo, estão agindo de forma velada e na surdina.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Prefeitura paga primeira parcela do décimo dia 19

O prefeito Carlos Eduardo Nunes Alves (PDT) anunciou o pagamento na sexta-feira,  dia 19, 40% do décimo terceiro salário para todos os servidores municipais ativos, inativos e para pensionistas.
Ao todo serão beneficiados mais de 21 mil servidores. O pagamento da primeira parcela do representa uma injeção de recursos de R$ 25 milhões na economia natalense.
Os salários do mês de junho serão pagos de acordo com o calendário divulgado no início do ano nos dias 26, 29 e 30, de acordo com número final da matrícula funcional.
“Apesar das dificuldades econômicas que estamos enfrentando com a redução da arrecadação em função da crise econômica nacional, mantivemos o compromisso de priorizar o pagamento da folha de pessoal e estamos cumprindo o calendário divulgado no início do ano, inclusive agora mantendo a tradição de antecipar 40% do décimo terceiro”, diz o prefeito Carlos Eduardo. 
 

quinta-feira, 11 de junho de 2015

O extenso cordão umbilical do Lulão IV

Presidente do Instituto Lula ainda hoje seria sócio minoritário na empresa do ex-presidente. A rede ou teia de aranha se fecha cada vez mais. Defensores fanáticos não enxergam a clareza

José Vanilson Julião
Jornalista

É muito estranho as respostas oficiais do Instituto Lula, da empresa do presidente e da empreiteira Camargo Correa em procurar justificar as doações simultâneas de milhões de reais para as duas organizações privadas, a primeira de cunho político e a segunda iniciativa particular, ligadas a um mesmo homem da política nacional.

Porém a cada passo da operação Lava Jato o emaranhado desta teia de aranha fica cada vez mais pegajoso e sedoso.

Os porta-vozes dos supostos envolvidos nesta tramoia toda certamente quer esquecer, voluntariamente ou não, uma interessante coincidência.

O presidente do Instituto Lula, o também ex-metalúrgico e antigo sindicalista Paulo Tarciso Okamotto, nascido em Mauá, na Grande São Paulo, capital, é sócio minoritário da empresa do presidente, a LLIS Palestras. Pelos na época da criação, em 18 de março de 2011.

Em 1989 participou da coordenação da primeira campanha para presidente do amigo, ao lado de Zé Dirceu e do atual presidente do PT, o fanático, obediente e servil Rui Falcão.

O ‘niponico’ foi presidente do diretório estadual do PT. Participou da fundação do Instituto Cidadania (1990), chegando a presidência em 2001.

Dois anos depois está no Sebrae como administrador-financeiro, sendo eleito presidente em 2005, permanecendo até 2010.


No ano seguinte funda o Instituto Lula, mesmo ano do surgimento da empresa do ex-presidente. Esteve envolvido, antes, na CPI dos Bingos.

O extenso cordão umbilical do Lulão III

Conta do ‘twitter’ da empresa do ex-presidente foi criado no mesmo dia da semana do surgimento do blog e um dia antes da segunda palestra dele após a criação da firma

José Vanilson Julião
Jornalista

Nesta terceira postagem sobre o tema do emaranhado da teia de aranha, na qual estão entrelaçados o público e o privado, a partir do envolvimento da empreiteira Camargo Correa com o Instituto Lula e a LILS Palestras, empresa do ex-presidente, o assunto é a conta da firma dele no Twiter.

Assim como aconteceu com o blog são poucas as atividades nesta ferramenta de troca de dados e informações curtas em caracteres na rede mundial de computadores. São apenas cinco seguidores e duas ‘tuitadas’. Nada mais. Desde abril de 2011.

Mais um pormenor interessante e idêntico aos dois anteriores, vinculados ao blog e a página da empresa do ex-presidente no Facebook.

A logomarca do Twitter é o mesmo do blog e da página da empresa de Lula no Facebook, com o estilizado bonequinho professoral vermelho, empunhando um caderno branco com a mão direita e na esquerda uma vareta, e de costas para um quadro-negro.

Então repito. Pelo apurado me parece que a conta no Twitter, a página na rede social e o blog são meras fachadas para uma empresa que tinha tanto cliente importante sem precisar fazer esforço de marketing, promoção, publicidade e propaganda na rede mundial de computadores.


Somente para se ter uma idéia. O Twitter de Dilma, desde 2009, contabiliza mais de 40 mil tuitadas e 183 mil seguidores. O do PT conta com 14 mil tuitadas e 20 mil seguidores.

O extenso cordão umbilical do Lulão II

Blog da empresa do ex-presidente foi criado na mesma semana da segunda palestra dele após a criação da firma. Quatro anos depois continua com a primeira postagem

José Vanilson Julião
Jornalista

Na postagem anterior relatei o emaranhado da teia de aranha, na qual estão entrelaçados o público e o privado, a partir do envolvimento da empreiteira Camargo Correa com o Instituto Lula e a LILS Palestras, empresa do ex-presidente.

Fiquei matutando sobre o significado das letras maiúsculas ou em caixa alta na sigla da empresa do ex-titular do Poder Executivo nacional. Estava na cara e não percebi o óbvio. Claro como a luz solar.

De repente o estralo. São as iniciais do nome do aposentado operário pernambucano radicado em São Paulo. Luis Inácio Lula da Silva. O Lula é o apelido do antigo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABCD.  Foi incorporado, oficialmente, ao nome de batismo. Coisa de marketing petista.

A empresa do ex-presidente não somente tem página em rede social. Tem um blog também. Lilspalestras.blogspot.com.

Mas não tem nada interessante. Nem procurei ser seguidor ou membro. Só tem uma postagem sem nada. Texto ou foto. De 5 de abril de 2011. Uma terça-feira. 9h58.

Em Washington, capital americana, um dia depois desta mesma data, Lula fazia a segunda palestra depois da criação da L.I.L.S. Palestras, Eventos e Publicações Ltda. Em 18 de março do mesmo ano. Com endereço a Avenida Francisco Prestes Maia, 1.501, A 122 B1, Centro de São Bernardo dos Campos. É o apartamento familiar.

O interessante é que o registro indica que a atividade econômica principal é o serviço de organização de feiras, congressos, exposições e festas. E não as “palestras” do Lula. Nem feira se tem noticia se a firma organizou.

Outro pormenor importante. O logo do blog é o mesmo da página da empresa de Lula no Facebook, com o estilizado bonequinho professoral vermelho, empunhando um caderno branco com a mão direita e na esquerda uma vareta, e de costas para um quadro-negro.


Pelo que apurei me parece que a página na rede social e o blog são meras fachadas para uma empresa que tinha tanto cliente importante sem precisar fazer esforço de marketing, promoção, publicidade e propaganda na rede mundial de computadores.

O extenso cordão umbilical do Lulão

O Partido dos Trabalhadores é Luis Inácio Lula da Silva e este é o PT. Carne e sangue. Unha e cutícula. São irmãos siameses.  Gemeos placentários ou univitelinos. Sodoma e Gamorra. Esaú e Jacó. Irmãos corsos. Inseparáveis!

José Vanilson Julião
Jornalista

A recente reportagem do diário matutino “O Estado de São Paulo”, a qual foca doações conjuntas de 4,5 milhões de reais da construtora Camargo Correa para o Instituto Lula e LILS Palestras, “empresa” do ex-presidente, me deixou curioso.

Primeiro sobre a residência dele. Fica na Avenida Prestes Maia, 501, Centro, em São Bernardo dos Campos, na região do ABCD, interior paulista. É lá o endereço da empresa de eventos do homem.

Segundo para a própria empresa. Ela está na rede social. No Facebook. Para entrar é preciso se cadastrar. Não o fiz. Sou meio que atrapalhado para estas coisas.

Porém me chamou a atenção, inicialmente, no Google, o link para o FB: HTTPS://pt-br.facebook.comlils.palestras.

Depois a “capa” da ‘front page’ (primeira página). A direita, no alto, um quadradinho. Dentro dele três bonequinhos improvisados. Nas cores vermelha (da bandeira do PT) e verde e azul, duas das quatro cores da Bandeira Nacional.

O maior deles é o da cor escarlate ou rubra. Está em pé. Postado de costas para um quadro-negro. Em posição professoral. Na mão esquerda uma espécie de varinha. Apontada para cima.

Os outros dois estão lado a lado. Bem menores e do mesmo tamanho, estão de frente para o imponente mestre. Estáticos. Sentados?

Como se nota, entrelaça-se sigla, cor do partido, nome do ex-presidente, organização não governamental, empresa de palestras, empreiteira, doações de campanhas, governo.


E um emaranhado, uma complexa teia de aranha. O privado e o público no lodaçal. Na lama. Na charneca. Na pocilga.

Plano Municipal de Educação será discutido em audiência pública na cidade de Parnamirim/RN

O evento acontecerá na próxima terça-feira, dia 16, a partir das 9 horas, no plenário do Poder Legislativo municipal parnamirinense, na região metropolitana da capital potiguar

A Comissão Permanente de Saúde, Educação e Assistência Social da Câmara Municipal de Parnamirim (CMP) confirmou a realização de audiência pública para discutir o Plano Municipal de Educação (PME). O evento acontecerá na próxima terça-feira, dia 16, a partir das 9h, no Plenário da Casa. A presidente da Comissão, vereadora Elienai Cartaxo (PMDB), lembra que todos estão convidados. “É um momento importante para o município. Vamos discutir o futuro do nosso sistema educacional. Todos estão convidados”, diz.
O PME foi entregue ao presidente da CMP, vereador Ricardo Gurgel (PSB), pelo prefeito Maurício Marques, no dia primeiro de junho. A entrega do documento foi feita no gabinete da Presidência com a presença dos demais vereadores e de algunssecretários municipais. "Este é um momento importante que revela a harmonia necessária entre os poderes Legislativo e Executivo, principalmente no que se refere a um plano que irá nortear os rumos da educação de Parnamirim nos próximos dez anos", afirmou Maurício Marques, na ocasião.
O Plano estabelece 20 metas e estratégias para o período de 2015 a 2025. Entre os objetivos estabelecidos estão a expansão da educação infantil e a universalização do ensino fundamental. Até 2016, o município deve atender todas as crianças de quatro a cinco anos; e nos próximos 10 anos, cerca de 50% das crianças de três anos devem estar nas escolas.
Desde que foi entregue pelo prefeito, o PME está sob a avaliação dos vereadores e será discutido na audiência pública. A expectativa é que no dia 24 de junho, o documento seja aprovado pelos vereadores e entre em vigor. (Assessoria de Imprensa)