sábado, 28 de fevereiro de 2015

Livro sobre história do famoso refrigerante 'Fratelli Vita' terá lançamento via Facebook no dia 25 de abril

Em 1941, a maior companhia de refrigerantes do mundo instalou no Recife a primeira fábrica do Brasil. Entretanto a Coca-cola não esperava encontrar na capital pernambucana a forte concorrência de uma marca regional, o Guaraná Fratelli Vita, que não conseguiu superar em vendas até deixar de ser produzido em 1972.
 Mas, o que tem a ver um refrigerante nordestino com a Revolução Praieira e a Revolução de 30? A implantação do bonde elétrico e do telefone automático na "Veneza Brasileira"? Os vôos do Jahu e do Zeppelin? O Ciclo do Cinema do Recife e a Segunda Guerra Mundial? e a implantação do rádio e da TV recifenses?
 As respostas para essas e outras perguntas, além de algumas lendas e curiosidades dos 80 anos da história rica e apaixonante da Fratelli Vita, agora são finalmente reveladas, com todos os detalhes e fartamente ilustradas com mais de 90 imagens raras, no novo livro do escritor e colecionador de fotos antigas do Recife, Gustavo Arruda. Baseado em documentos e informações de uma minuciosa pesquisa, durante dois anos, em bibliotecas, fundações, institutos, jornais, museus, arquivos públicos, universidades e de antigos empregados, familiares e contemporâneos da extinta fábrica da Soledade.
 E, como a Fratelli Vita começou com a matriz de Salvador, o livro também traz fatos interessantes sobre a história da Bahia, como a iluminação a gás acetileno no agreste baiano, o cinema ao ar livre “Recreio BonFim”, a chegada do Frevo no centro soteropolitano, a criação do primeiro trio elétrico do Brasil e a famosa fábrica dos cristais baianos.
Não haverá lançamento presencial ou venda em livrarias convencionais. Mas, o “lançamento virtual” será no Facebook, no próximo dia 25 de abril, e o livro já pode ser comprado pela Internet.

SERVIÇO
Livro“A HISTÓRIA DA FRATELLI VITA NO RECIFE” (86 págs, 21x21 cm, 176 g, p&b)
AutorGustavo Arruda
EditoraPerse (São Paulo / SP)
PreçoR$ 28,00 (+frete)
Sumário, prefácio, 10 primeiras páginas e booktrailer: www.gustavo.k6.com.br
Lançamento virtual25-abr-2015 | Sáb | das 20h às 21h | Facebook (bate-papo aberto com o autor)


Chesf amplia linha de transmissão para Natal

Devido a necessidade de realização de serviços de ampliação do sistema de transmissão de energia elétrica, a cidade de Natal (RN), no período de 04h00 às 17h00 do dia 01 de março de 2015 (domingo), operará com riscos operativos acima dos critérios vigentes.  É que o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), autorizou a intervenção solicitada pela Chesf na Linha de Transmissão (LT) 230 kV Campina Grande II-Natal III, no período já citado, para permitir a realização de serviços de travessia dos cabos da futura LT 500 kV Campina Grande III-Campina Grande II.
 O comunicado é do diretor geral do ONS, Hermes J. Chipp, ao ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, que encaminhou nota à secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio Grande do Norte, SEDEC/RN. “Durante a intervenção da Chesf haverá a manutenção do fornecimento de energia elétrica para Natal por outras linhas. Este é um serviço de rotina, mas que precisa ser informado à sociedade para que tenham conhecimento a respeito de uma eventual falha no sistema”, explicou o secretário-adjunto da SEDEC/RN, Orlando Gadelha Simas Neto.
A nota do Operador Nacional do Sistema Elétrico explica que este é o período mais indicado para a realização desta intervenção, visto que na eventual ocorrência de contingências o montante de carga afetado seria menor do que em dias úteis.

Mandado de segurança contra extinção do cargo de corregedor geral será impetrado na segunda-feira

Oficialmente ainda não se sabe quem é ou quem são, individualmente ou em grupo representativo, o autor ou autores do mandado de segurança a ser impetrado nesta segunda-feira (2/3). A ação jurídica contra a Secretaria de Segurança Pública, tem origem devido a provável extinção do cargo de corregedor-geral, cuja titularidade está vaga desde o dia 9 de janeiro, quando da demissão, “a pedido”, do ocupante do cargo, Themistocles José da Costa Filho.
O que se sabe, de momento, é que a corregedora auxiliar, a delegada de Polícia Civil, Virgínia Karla Gomes, distribuiu ofício, datado de 24 de fevereiro, no qual deixa transparecer a extinção da função comissionada de corregedor-geral, com o fim dos processos administrativos e sindicâncias serem apreciadas por corregedores independentes nas polícias Civil e militar.
Não se pode afirmar, ainda, de quem teria partido a determinação. Se do governador Robinson Mesquita de Faria (PSD) ou da recém nomeada secretária estadual de Defesa Social, Kaline Leite.

As questões formais do pedido do mandado de segurança foram delineadas em reunião na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional potiguar, na sexta-feira (2/2). Na segunda uma cópia do documento será distribuída para a imprensa.

Algumas observações sobre os blogs potiguares

Que a rede mundial de computadores veio para modificar a troca de informações entre as pessoas, empresas e instituições, alem de transformar o papel da imprensa em geral (jornal, radio e televisão), a maioria dos internautas já sabe.
Porém os mais atentos ou com alguma experiência midiática podem perceber pormenores interessantes nos blogs disseminados pela capital, região metropolitana (são mais nove cidades no entorno da Grande Natal) e os outros 157 municípios do interior do Rio Grande do Norte.
A primeira constatação. É uma chatice acessar um blog em busca de uma postagem anterior e encontrar um dos mais recentes com varias fotografias dificultando o “rolar” da tela, devido uma lentidão do processo. O pior que as fotos, na maioria das vezes, repetem a cena do fato, enquanto outras são totalmente desnecessárias para completar o entendimento da informação.
Esta situação não persiste somente entre inexperientes ‘blogueiros’, mas também entre os mais famosos e, inclusive, com profissionais tarimbados, os jornalistas com formação acadêmica. Publicam fotos com cortes ou enquadramento inadequados, algumas feitas por amadores, e ate mesmo desfocadas.
Acho que três fotografias, no máximo cinco, são suficientes para compor o quadro e complemento da informação textual. Mas há casos em que exageram. Colocam oito, nove, 15 fotos. Outros chegam ao extremo: 20, 30, 40... Principalmente quando se aborda encontro de político, aniversario, casamento! E pasmem. Um blog do interior chegou a posta MAIS de cem fotos do carnaval em uma única postagem.
Não existem critérios, sejam eles quais forem, neste caso da informação visual ou de imagem, diferentemente do jornal impresso. No impresso o repórter ou editor, em conjunto com o fotografo e o diagramador (desenhista), discutem a forma de dispor do espaço disponível, dentro de técnicas e formas coerentes, layouts, etc.
Mas não é somente na escolha da qualidade e quantidade de fotografias escolhidas que os blogs, não todos, são hilários. Um deles tem contrato para divulgar material jornalístico de pelo menos duas agencias de notícias vinculadas a dois grandes jornais da capital paulista. Mas não é que um controlador do blog coloca “interino” abaixo do titulo da reportagem, apesar de, no final do texto, vir a identificação do produtor ou fonte original.
Outros, sequer, informam a origem da informação. Em alguns casos por inexperiência ou mesmo falta de atenção.
Além disso, os critérios para exibição de publicidade e propaganda não são ainda bem definidos, poluindo e sujando visualmente o layout.


Departamento de Antropologia da UFRN comemora dez anos do programa de pós-graduação com palestras

XIII Semana de Antropologia da Universidade Federal do R. G. do Norte
  
  O Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (DAN-UFRN) realizará entre os dias 2 e 5 de março, a 13º Semana de Antropologia da UFRN, intitulada este ano de “Viradas Antropológicas Contemporâneas: teoria, campo e método”. A programação tem início a partir das 09h no auditório da Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM) e terá, a partir das 10h, a conferência de abertura “A Antropologia Brasileira no Século XXI”, que contará com a participação do Presidente da Associação Brasileira de Antropologia/ABA - MN/UFRJ, Antônio Carlos de Souza Lima.
  Comemorando os 10 anos da criação do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) na UFRN, o evento tem como propósito debater e refletir sobre os efeitos de teorias e críticas que apareceram mais fortemente nos últimos 30 anos no campo da antropologia.
  Este ano, a escolha de um tema geral tem como aspiração promover análises de diferentes bases teóricas, metodológicas e de diversos campos do fazer antropológico. As temáticas contempladas nas linhas de pesquisa do PPGAS e nos interesses de pesquisas de seus docentes serão vistas através da problematização dos mesmos em referência crítica a essa chamada “virada antropológica” e as possibilidades de (re)leituras de conceitos e temas e campos clássicos e contemporâneos da antropologia. (Assessoria de Imprensa)

Mais Informações: 3342-2240 

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Galinhos, litoral norte potiguar, sedia o 'V Circuito de Vela'

Como quinto município a receber o evento esportivo náutico, Galinhos, há 170 quilometros de Natal, é o cenário, entre desta sexta-feira (27/2) e até o domingo (1/3), do Circuito Petrobras de Vela.
Na programação apresentações dos programas da estatal, realizados nas regiões participantes do circuito, uma iniciativa que promove o diálogo com as comunidades, levando informações sobre empreendimentos da companhia, possíveis impactos e valorização comunitária; além do Projeto de Monitoramento do Desembarque Pesqueiro (PMDP), atividade que, durante o ano, coleta os dados sobre a atividade pesqueira nas regiões produtoras de petróleo. O resultado deste monitoramento é disponibilizado em cartilhas que são distribuídas para as comunidades durante o circuito.
Nos três dias de evento serão realizadas competições esportivas, palestras e atividades culturais. Na sexta-feira, 27, começa às 17 horas, com a realização de atividades culturais infantis. À noite, após abertura oficial, ocorre palestra da Capitania dos Portos sobre segurança da navegação para comunidade pesqueira. O primeiro dia será encerrado com apresentação musical, a leitura do regulamento e a entrega dos equipamentos dos competidores náuticos.
Dia seguinte acontecem as competições esportivas, a largada das embarcações e uma sessão de cinema para as crianças. No domingo as atividades começam às 7h30 com a largada da corrida rústica. Em seguida as etapas finais das competições esportivas, a largada das embarcações e as premiações.
Em Galinhos, o Circuito Petrobras de Vela tem o apoio da Prefeitura Municipal, da Colônia de Pescadores Z-30 e da Capitania dos Portos do RN. (Fonte: assessoria de imprensa)


quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Laudo do ITEP é um dos documentos apreendidos ao lado de meia tonelada de maconha em S. J. do Mipibu

A qualquer momento pode acontecer desdobramento no caso da apreensão de meia tonelada de maconha, cem quilos de cocaína e a mesma quantidade de crack (subproduto da coca), na noite da última terça-feira (24), na zona rural do município de São José do Mipibú (Grande Natal).
Desde que a Polícia Civil resolva um intrigante mistério, agora divulgado, com exclusividade, por este blog. Há a informação de que na casa onde fora encontrada as drogas e entorpecentes, numa operação envolvendo policiais militares, teria sido encontrado um laudo do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP).
Também é estranho de que o nome da fazenda, para uns, ou granja, para outros, não tenha sido reportado, apesar da comunidade de Arenã, local da busca, ser bastante conhecida. No entanto não foi preso ninguém. Dentro da casa foi encontrado um laudo de “constatação de drogas”, datado de 30 de janeiro.
Muito estranho, pois este documento era para está numa delegacia de polícia ou no Judiciário (vara de entorpecentes). E ainda constam os nomes de um perito e de um delegado civil. Parte da imprensa informou que na ocasião aconteceu uma troca de tiros entre os PMs e os supostos traficantes.
Além dos 475 tabletes de maconha (de um quilo cada), foram apreendidos um automóvel e duas motocicletas.

Morre Jorge Silva, ‘o demolidor de defesas’

No começo da noite desta quinta-feira leio, em um dos blogs da capital, sobre a morte do ex-jogador abecedista, um dos participantes da excursão do ABC ao três continentes (Europa, África e Ásia), em 1973, depois do clube ter sido punido, pela então Confederação Brasileira de Desportos (atual CBF), com uma suspensão de dois anos e depois reduzida para um ano, ao usar três atletas irregularmente, numa partida contra o Botafogo carioca no campeonato nacional do ano anterior, na qual o time da Estrela Solitária perdeu por 2 a 1.
Numa rápida pesquisa no Google visualizo um artigo do colunista Rubens Lemos Filho (O JORNAL DE HOJE), datada de 26 de julho de 2012, e uma reportagem do jornalista Vicente Estevam (TRIBUNA DO NORTE), de 12 de agosto do mesmo ano. Ambos dissecam as agruras de um ídolo decaído e basta o leitor/internauta acessá-los que compreenderá tudo.
Por isso, mesmo como torcedor americano, homenageio JORGE DEMOLIDOR, transcrevendo uma ficha técnica em que ele participa de uma partida, no primeiro turno da Taça Guanabara de 1973, numa preliminar de Vasco da Gama x América, no Estádio Mário Filho (Maracanã).
E ainda chegou a tempo de participar da final do Estadual daquele ano, em julho, quando o Alvinegro goleou o Alvirrubro por  4 a 2, com dois gols dele, justamente os dois primeiros.
São Cristóvão 1 x Campo Grande 2
Data: 11/março/1973
Juiz: Nivaldo dos Santos.
Gols: Chiquinho 16 do 1.º tempo; Jorge Demolidor 4 e Marcos 33 do 2.°.
São Cristóvão: Jair; Triel, Celso, Joel e Bruno; Ivo Sodré e Mafra; Paulinho, Alexandre, Jorge Demolidor e Paulo Tavares
Campo Grande: Benício; Clóvis, Biluca, Sérgio Gomes e Altair; Válter e Adilson; Neco, Chiquinho (Marcos), Tião e Luis Carlos

Justiça Federal mantém condenações por fraudes cometidas contra a Previdencia Social em ASSU

acusadas CAUSARaM PREJUÍZO, MEDIANTE FRAUDE, NO valor DE R$ 8.720

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região negou, terça-feira (24/02), provimento às apelações de F.J.S.C. e L.K.F.F.P., condenadas pelo Juízo da 11ª Vara Federal (RN) à pena de dois anos e onze meses de reclusão pela prática do crime de estelionato, acrescidos de pena de multa correspondente a 35 dias-multa, à proporção de um salário mínimo por cada dia-multa. As rés foram acusadas de cometerem estelionato contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
“Não condiz com a realidade fática exposta nos autos a afirmação da ré F.J.S.C. no sentido de que teria agido de boa-fé. Quanto à corré, verifica-se que duas circunstâncias judiciais lhe são desfavoráveis, quais sejam, a culpabilidade e as consequências do crime, de modo que há justo motivo para fixar a pena acima do legal”, afirmou o relator desembargador federal Lázaro Guimarães.
ENTENDA O CASO - O Ministério Público Federal afirmou, na denúncia que apresentou contra os acusados F.J.S.C. e L.K.F.F.P. e J.A.F., que, os acusados, utilizando-se de expediente fraudulento, receberam indevidamente 54 parcelas de benefício previdenciário em nome de Lydia Pereira da Silva, avó dos réus, e falecida desde abril de 1999.
Segundo a peça acusatória, os denunciados fraudaram revalidações das senhas do Banco do Brasil, recebendo o benefício até outubro de 2003 e, após a suspensão do benefício pelo INSS, com o objetivo de levantar o saldo remanescente da conta da segurada falecida, falsificaram Guia de Sepultamento e Atestado de Óbito, conseguindo, ainda, o recebimento de R$240,00.
L.K.F.F.P., de forma consciente e deliberada, efetuou mais de 50 saques do benefício previdenciário a que fazia jus sua avó, Lydia Pereira da Silva, mesmo após o seu falecimento, fato esse que gerou aos cofres públicos, no período de abril/1999 a outubro/2003, um prejuízo aproximado de R$ 8.720,00.
A auxiliar de serviços F.J.S.C. apresentou resposta à acusação, por meio de advogado constituído, alegando, no mérito, não ter agido com dolo (vontade de cometer o ilícito). Afirma ter emprestado a importância de R$ 800,00 a uma pessoa de alcunha "Chumbrega" e, como pagamento, ter recebido um cartão para sacar mensalmente valores.
O Ministério Público Federal, em sua última manifestação nos autos, requereu a absolvição do réu J.A.F., por entender que ele não concorreu para o cometimento do crime, e a condenação das rés L.K.F.F.P. e F.J.S.C. nas penas do artigo 171, §3º (estelionato) combinado com o artigo 71 (crime continuado) e o artigo 299 (falsidade ideológica), todos do Código Penal.
O Juízo da 11ª Vara Federal de Assu (RN) absolveu J.A.F., por falta de provas que o incriminassem, e condenou F.J.S.C. e L.K.F.F.P. à pena de dois anos e onze meses e ao pagamento de multa de 35 dias-multa, na proporção de um salário mínimo por cada dia-multa. (Assessoria de Imprensa)


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Ex-governador Fernando Freire é visto no Tribunal de Justiça Federal, no bairro de Lagoa Nova

Enquanto ás atenções do mundo político e a imprensa estavam focadas para os desdobramentos das investigações e notícias sobre os supostos envolvimentos do presidente da Assembléia Legislativa do RN, o deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza Filho, e do senador potiguar José Agripino Maia (Democratas), na “Operação’Sinal Fechado”, o ex-governador Fernando Antônio da Câmara Freire, que estava sendo considerado foragido, foi visto no final da manhã da última terça-feira (24), na sede da Justiça Federal, localizada na Rua Doutor Lauro Pinto, no bairro de Lagoa Nova. Estava acompanhado de um advogado. Era por volta das 11h40.
A informação inédita me foi passada no começo da noite do mesmo dia por uma fonte confiável, sendo testemunhada por uma outra pessoa, depois que este jornalista redargüiu sobre a veracidade do fato, ocasião em que a mesma fonte assegurou tal acontecimento, pois chegou a cumprimentar o ex-deputado federal e ex-titular do Poder Executivo norte-rio-grandense, que, como vice, assumira o cargo com a renúncia do governador Garibaldi Alves Filho para ser eleito pela primeira vez ao Senado, em 2002. Porém o repórter não tem a informação de que o Freire esteja detido, depois da Justiça Estadual emitir três mandados de prisão contra o mesmo.
Ás últimas notícias da imprensa sobre o ex-governador Fernando Freire datam do dia 19 de fevereiro, dando conta de que ele foi condenado a pena de 13 anos e quatro meses de reclusão e 400 dias-multa pelo crime de peculato. O regime inicial para cumprimento de pena é o fechado. No mesmo processo, também foi condenado o ex-vereador em Natal, Pio Marinheiro de Souza Filho. O período da prática dos delitos foi de fevereiro a novembro de 2002, quando o primeiro era vice-governador e depois, governador do Rio Grande do Norte. As denúncias contra os dois foram baseadas em inquérito policial e exame grafotécnicos. A decisão foi proferida pelo juiz da 7ª Vara Criminal de Natal, José Armando Ponte Júnior.
No caso do réu Pio Marinheiro, a pena foi estipulada em seis anos e dez meses de reclusão e 166 dias-multa. O regime inicial de cumprimento da pena é semi-aberto.
De acordo com os autos do processo, Fernando Freire desviou recursos públicos mediante o pagamento de 83 cheques-salários em favor de 14 parentes e correligionários do então vereador Pio Marinheiro, contemplando-lhe interesses pessoais e político-eleitorais, beneficiários esses que não eram servidores públicos e não tinham qualquer vínculo funcional com o Estado, pagamentos esses feitos sem qualquer respaldo legal e realizados sempre sob a intermediação direta do réu do então parlamentar. O prejuízo aos cofres públicos foi de R$ 57.832,13 em valores da época.
Indicados não davam expediente
O juiz José Armando explica na decisão que "encaminhar nomes" significava precisamente incluir tais nomes na folha de pagamento do Estado, a fim de que recebessem Gratificação de Representação em Gabinete sem que ocupassem qualquer cargo, ainda que de provimento em comissão, na Administração Pública Estadual, e sem que tais agraciados sequer precisassem prestar qualquer tipo de serviço à Administração. (Com dados do G1)

Resultados finais da quinta rodada do campeonato potiguar de futebol

Nesta quarta-feira
América 5 a 0 Palmeira
Força e Luz 0 x 2 Santa Cruz
Alecrim 2 x 1 Baraúnas
Na quinta-feira
Potiguar x ABC
Corintians x Globo

CLASSIFICAÇÃO
América: 13 (saldo: 11 gols)
ABC: 10 pontos (saldo: cinco)
Globo: 9
Santa Cruz: 9
Alecrim: 9
Baraúnas: 7
Potiguar: 6
Palmeira: 3
Corintians: 1
Força e Luz: zero


DETALHE: No Estádio José Nazareno do Nascimento (Goianinha). 69 pagantes e não pagantes 31 somam para um público de 100 e renda de R$ 1.100,00 

MPF cobra na Justiça elaboração do plano de manejo da Floresta Nacional de Açu

Plano deveria ter sido concluído desde 2006 e atraso põe em risco ecossistema de caatinga na unidade

O Ministério Público Federal (MPF) em Assu ingressou com uma Ação Civil Pública para obrigar o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio (autarquia federal vinculada ao Ministério do Meio Ambiente) a elaborar e implementar o plano de manejo da Floresta Nacional de Açu. De acordo com a legislação que instituiu o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), esse plano deveria estar pronto há nove anos.

O procurador da República Victor Queiroga, autor da ação, ressalta que a Lei 9985/2000, em seu artigo 27, determina que “as unidades de conservação devem dispor de um Plano de Manejo”, que “deve ser elaborado no prazo de cinco anos a partir da data de sua criação”. A área de preservação existe desde 1950, quando foi criado o Horto Florestal de Açu, mas foi transformada em floresta nacional somente em 2001. Portanto, o plano deveria ter sido concluído em 2006.

Para o MPF, é necessário urgência, pois a unidade se localiza em área urbanizada, próxima a vários empreendimentos que podem ocasionar impacto ao ecossistema local, incluindo um distrito industrial e um parque de exposições. Na floresta há espécies ameaçadas de extinção e a unidade é um importante refúgio da flora e da fauna típicas da caatinga, contando ainda com a Lagoa do Piató, uma das maiores do Rio Grande do Norte, atualmente seca em virtude da estiagem.

“Essa ação civil pública está inserida no contexto do 'MPF em defesa das Unidades de Conservação', um projeto nacional para fortalecer esse importante instrumento de defesa do meio ambiente. A elaboração do plano de manejo da Floresta Nacional de Açu, cuja elaboração está atrasada em mais de 13 anos, permitirá a compatibilização das atividades econômicas da região com a proteção ambiental indispensável à preservação da caatinga”, destacou Victor Queiroga.

O MPF cobra do ICMBio a adoção de todas as medidas para a elaboração do plano de manejo, incluindo os levantamentos e estudos necessários, e também a apresentação de relatório trimestral a respeito do andamento dos trabalhos. A ação tramitará na 11ª Vara da Justiça Federal - Subseção Judiciária de Assu – sob o número 0800042-26.2014.4.05.8403. (Assessoria de Imprensa}

América goleia o Palmeira no Arena das Dunas e continua na liderança do campeonato potiguar

Agora há pouco. O América ganha do Palmeira pela quinta rodada do primeiro turno (Copa Cidade do Natal).  5 a 0.
Lidera no momento a primeira fase do campeonato norte-rio-grandense com 13 pontos. Jogos complementares em andamento: Corintians 0 x 0 Globo, Força e Luz 0 x 1 Santa Cruz e Alecrim 0 x 0 Baraúnas.
O complemento da rodada ocorre na noite desta quinta-feira. O Potiguar recebe o ABC no Estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró (Região Oeste).
O ABC pode alcançar a mesma pontuação americana, porém precisar aumentar o saldo de gols, primeiro critério de desempate. O alvirrubro tem saldo de 11 gols. O alvinegro tem cinco.
O Força e Luz, que subiu para a “Serie A” ao ganhar a “Segundona”, se continuar o mesmo resultado, segue na lanterna, com zero ponto ganho.

FICHA TÉCNICA
America 5 – 0 Palmeira
Arbitro: Emanuel Eduardo Marinho/RN
Público: 3.129
Renda: R$ 21.385,00
Gols: Zé Antonio Potiguar 5, Daniel Costa 47, Gláucio 3/2, Álvaro 27 e Alfredo 40
America: Bussato, Walber, Cléber, Zé Antonio Potiguar, Magalhães, Judson, Maguinho, Daniel Costa (Matheus), Júnior Timbó, Tiago Potiguar (Alfredo) e Gláucio (Álvaro). Treinador: Roberto Fernandes

Palmeira: Renato, Augusto, Válter, Tiago Cabral (Gilmar), Clayton, Thiago, Valberto, Nino (Gilclei), Galeguinho, Daniel e Emerson. Treinador: Rodrigo Alexandre

O ‘fantasma’ da assinatura falsificada do governador

Intimamente havia me prometido não retornar ao assunto, devido à imprensa e sites estarem acompanhando, mais sistematicamente, o desenrolar das investigações da ‘Operação Sinal’, desencadeada pelo Ministério Público.
Nos dias subseqüentes a entrevista coletiva do procurador Rinaldo Reis (sexta-feira, 20), na qual anunciou a denúncia formal contra o presidente da Assembléia Legislativa do RN, o deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza Filho, e o novo envolvimento do senador José Agripino Maia (Democratas) no caso, fiz três comentários sobre o assunto.
Os títulos dos comentários, per si, indicam os furos que poucas pessoas detectaram na investigação inicial do MP: “Um crime escondido numa denúncia. O mistério da falsificação da assinatura do governador”, “O falsificador oculto pode ser a peça chave” e “Um estranho no ninho e os furos do Mistério Público”.
Porém é justo informar que, talvez, o único blogueiro, repórter, colunista, comentarista ou jornalista a coincidir com meu entendimento é Túlio Lemos, do diário vespertino O JORNAL DE HOJE, conforme três notas, ás quais transcrevo duas, publicadas na edição da segunda-feira (23 de fevereiro).

“FALSIFICAÇÃO
O fato mais importante visto pelos promotores que investigaram o caso da Sinal Fechado para livrar o governador Robinson Faria de qualquer participação no esquema foi a comprovação que falsificaram a assinatura do então presidente da Assembleia para dar prosseguimento ao projeto sem tramitação normal.
QUEM?
O problema é que a falsificação da assinatura de Robinson foi comprovada por perícia do ITEP; mas ninguém sabe quem falsificou. Quem terá sido o autor da falsificação? E por que Robinson não reclamou que sua assinatura havia sido falsificada?”






Corregedoria-geral continua sem titular e situação prejudica andamento de processos administrativos

Descaso no setor disciplinar das polícias do Rio Grande do Norte

Pelo menos duas fontes vinculadas a Corregedoria Geral da Secretaria de Segurança Pública, que encontra-se acéfala, e com seus serviços prejudicados, desde a o começo da segunda semana de janeiro, estudam a possibilidade de entrar com um mandado de segurança contra a administração do governador Robinson Mesquita de Faria (PSD).
A pedido o governador exonerou, dia 9/1, o então corregedor Themístocles José da Costa Filho e até o presente momento o cargo encontra-se vago. Fato este que afronta o princípio da continuidade do serviço público e viola a Lei Complementar nº 231/2002, a qual cria a Corregedoria Geral como órgão superior de controle e fiscalização das atividades funcionais e da conduta disciplinar interna das instituições, órgãos e agentes integrantes do Sistema Estadual de Defesa Social, e estabelece o cargo de Corregedor Geral, de provimento em comissão, sem vínculo funcional com as polícias, visando à imparcialidade nas instaurações de procedimentos.
            Atualmente as atribuições impostas ao corregedor encontram-se paradas, ocasionando um prejuízo à população que registra denúncia e fica aguardando a instauração de um procedimento administrativo com o fim apurar o fato. Abuso praticado por policial militar é apurado pela Corregedoria Auxiliar da Polícia Militar (chefe Coronel da PM), abuso praticado por policial civil, apuração realizada pela Corregedoria Auxiliar da Polícia Civil (chefe Delegado da Polícia Civil). Todos subordinados ao Corregedor Geral.
Ao final da apuração, os respectivos corregedores auxiliares encaminham para apreciação do Corregedor Geral, as suas sugestões, que podem ser instauração de sindicâncias, processos administrativos ou arquivamento. Aquele por ser imparcial, detém o poder de discordar ou não da decisão dos corregedores auxiliares, evitando assim que ocorra o corporativismo, ou até mesmo perseguição ao policial denunciado. Este último caso é muito corriqueiro nos batalhões e companhias da PM/RN.
            Enfim, não se tem previsão de quando será nomeado um novo corregedor ou se ainda existirá este cargo, pois comenta-se, nos bastidores, é de que a intenção da atual Secretária de Segurança Publica é extinguir a Corregedoria Geral e transferir a competência da instauração de procedimentos administrativos ao delegado corregedor da Polícia Civil e ao coronel corregedor da Polícia Militar, acabando com a subordinação ao corregedor geral e enfraquecendo a credibilidade de um importante órgão disciplinar.
            Esclarece uma das fontes: “Devemos avançar na melhoria do serviço público, visando o interesse da população e não retroceder a um sistema falho que só beneficiava o corporativismo nas instituições policiais. A sociedade tem direito a imparcialidade em qualquer tipo de julgamento.”

            Mais: - Lamentavelmente, utilizar da máquina pública para interesse próprio é uma prática corriqueira. O fim da Corregedoria Geral só interessa aos policiais do alto escalão, seja da PM seja da Civil, que em muitos casos saem ilesos dos crimes praticados contra a população e contra seus subordinados, porque são protegidos pelo corporativismo dos delegados e coronéis.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

A panelinha do nazismo, fascismo, comunismo e todos os ismos na "democracia" das redes sociais

Carta aberta ao François Silvestre

O primeiro título que escolhera para este comentário fora esse: “Desculpe nossa falha”. Porém vi que não seria adequado. Primeiro porque não aconteceu uma falha humana, de personalidade, de caráter. Mas uma falha física, de sentido. 
Um míope, sem os óculos, 6,5 graus no olho esquerdo. O direito tem uma imensidão de graus, que nem sinto se o tenho ou preciso dele. Depois o teclado ruim, com problemas nas letras S, B e V. Por isso uso o teclado virtual. 
E isso dificulta um pouco a ‘teclagem’, o dedilhar rápido, para escrever pitacos, opiniões ou comentários de cinco, dez, 15, 30 linhas...
Escrevo esta CARTA ao conhecido intelectual de Martins, de quem gosto de ler opiniões esclarecedoras, no blog de responsabilidade dele, no PORTAL NO AR. 
Assim no final da manhã desta terça-feira me deparo com o comentário do mesmo sobre uma afirmativa de um jornalista. Concordo com tudo o que Silvestre disse. E sem vestir a carapuça, o que não é do meu feitio, por assumir o que digo, esclareço a situação para os curiosos e fieis leitores de Silvestre.
Primeiro acho interessante as pessoas que são atentas e ‘patrulheiras’ no que se escreve nas redes sociais. Segundo seria interessante Silvestre revelar a fonte secundária. Eu diria quem, caso o “off line” não fizesse objeção. Terceiro: a frase, que os internautas vão ler na reprodução da nota do blogueiro, é minha, pois não tenho o que esconder. Foi no Facebook. 
Apenas, ao invés de digitar “detesto o comunismo”, digitei, “detesto os comunistas”. A mente comanda, os dedos agem, a agilidade provocando!...
Como poderia ter usado “não gosto”, “não aprecio”, “não admiro”. Tenho minhas razões. Prefiro a liberdade. Individual: de corpo e expressão. 
E aproveito para informar que Comunismo/Facismo/Nazismo são trigêmeos siameses, vide os acordos. A aliança Hitler/Mussolini ou o acordo germânico-russo. Antes e durante a II Guerra Mundial.

A NOTA DE SILVESTRE

“De afeições e desafeições

Um amigo me liga e diz que leu, sem lembrar onde, pelo menos foi o que ele disse, num texto recente de um jornalista natalense, afirmando que “detestava os comunistas”. Ao me perguntar sobre a afirmação, respondi que compreendia perfeitamente, posto que eu também continuo detestando o fascismo. Porém, entretanto mas porém, minha aversão ao fascismo não se estende a todos os fascistas, vez que sou amigo de alguns deles. Meu afeto não tem ideologia, que é coisa da política. As relações pessoais estão no campo do caráter. Do mau caráter eu quero distância, mesmo que ele pense igual a mim. Do bom caráter eu quero a companhia, mesmo que discordemos em tudo.” (23 de fevereiro/8h51)


PS. Com isso encerro o assunto. Sem precisar polemizar. Grato pela atenção!

Governo paga servidores, aposentados, pensionistas e prometer reduzir ida ao Fundo Previdenciário

A Secretaria de Planejamento e Finanças, começa o pagamento dos servidores estaduais nesta quinta-feira, 26, quando recebem inativos e pensionistas. O demais funcionários recebem no dia seguinte. O pagamento da folha em dia, dentro do mês trabalhado, é um compromisso assumido e cumprido pelo governador Robinson Faria.
O secretário Gustavo Nogueira  informa que a partir deste mês o RN começa a reduzir a retirada de recursos do fundo previdenciário, cujos saques foram autorizados por lei. Em fevereiro, a previsão é de que a retirada seja reduzida para R$ 35 milhões.
Nogueira destaca os esforços do governo estão sendo feitos para buscar o equilíbrio fiscal, uma determinação expressa do governador Robinson Faria (PSD).
A ida em janeiro e, agora, ao fundo previdenciário, foi alvo de algumas críticas nas redes sociais da internet.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Um estranho no ninho e os furos do Ministério Público

Enquanto a maioria dos blogueiros e pitaqueiros de plantão se abstiveram de informar, não prestaram atenção, não quiseram ou engoliram mosca no caso da assinatura falsificada do então presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte, depois vice e atual governador Robinson Mesquita de Faria (PSD), somente um comentarista da revista eletrônica CARTA POTIGUAR, o blog FATOR RRH (do jornalista Ricardo Rosado de Holanda/Portal no Ar) e posteriormente o jornalista Alex Viana (do diário vespertino O JORNAL DE HOJE) tocaram no assunto, desde que a denúncia do Ministério Público, a partir de delação premiada do empresário e doublé de advogado George Olímpio, eclodiu na sexta-feira passada, envolvendo, efetivamente, o recém eleito presidente do Poder Legislativo estadual, Ezequiel Ferreira de Souza Filho, e o senador José Agripino Maia (Democratas).
Fato é que no desenrolar das investigações da “Operação Sinal Fechado” o então deputado estadual Robinson Faria teve que submeter a um exame grafotécnico para que se provasse o seu não envolvimento no esquema de corrupção supostamente perpetrado por vários políticos e George Olímpio e demais supostos cúmplices. A imitação da assinatura consta de despacho que incluiu o projeto de lei 2848/2009 na pauta para votação com dispensa de tramitação, de interesse do grupo acusado da fraude. A matéria foi pautada para a sessão plenária do dia 15 de dezembro de 2009, após deliberação do colegiado de líderes dos partidos a época. A assinatura do então presidente da AL chancelaria a participação dele no esquema.
Porém há dois senões. Primeiro: se o MP destaca com grande fervor a denúncia contra os demais supostos envolvidos, não deveria buscar, com vigor, a identificação de quem falsificou a assinatura de Robinson Faria. Bastava pedir a realização de exame grafotécnico de todos os denunciados, não somente de RF (para quem não sabe é de próprio punho, tanto do dono da assinatura, como dos suspeitos de falsificação, para que aconteça a confrontação)?
Segundo, se o então presidente da AL estava ciente, de foro íntimo, que não tinha assinado documento nenhum, não deveria ter sustado o andamento protocolar, do despacho a pauta, a consequente deliberação do projeto em plenário? Ou foi levado ao engano de alguma forma, face a atribulada função ou cargo de presidente da AL?
Estas dúvidas, por menores que sejam, podem eivar de “sujeira” a denúncia do MP e o posterior processo a ser julgado pelos ilustres desembargadores do Tribunal de Justiça potiguar.

Inédito plano de saneamento de Galinhos, no litoral norte, é exemplo para municípios do Rio Grande do Norte

Parte dos 167 municípios potiguares ainda faltam publicar, no "Diário Oficial dos Municípios" ou mesmo no "Diário Oficial do Estado", o Plano Municipal de Saneamento Básico. Alguns municípios já sairam na frente e que pode servir de exemplo para outros prefeitos, como foi o caso de Galinhos, cujo projeto saiu na edição de 10 de fevereiro do  "D.O.M", levando em conta cenários de evolução das necessidades futuras com relação ao abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e limpeza pública e manejo das águas pluviais e drenagem urbana. O projeto considera, atualmente, uma população não flutuante de 2.287 pessoas, pois Galinhos é um municipio litorâneo que recebe, principalmente durante o verão, muitos visitantes que vão conhecer suas praias parasidíacas. Assim, a população flutuante de Galinhos para este ano é estimada em  3.831 pessoas.

De acordo com o projeto, 50% da população rural de Galinhos habita o distrito de Galos, que tem 50% de sua área ocupada pelo assentamento rural Pirangi. Quanto a população flutuante, 75% visita a sede do município, Galinhos, enquanto 25% fica em Galos. O plano prevê, ainda em 2015, 300 ligações de redes de distribuição de água e esgotos na cidade e 104 em Galos. O projeto ainda prevê que só este ano, a produção anual de residuos sólidos deve chegar  1.001,49 toneladas/ per capita, enquanto o acumulado vai a uma geração per capita de 2.973,53 toneladas. 

Segundo o projeto, os pontos fortes do município são que, aproximadamente, 92% dos jovens entre 15 e 24 anos são alfabetizados, a taxa de mortalidade é 0 em crianças menores de 1 ano de idade e 98% dos moradores urbanos contam com serviço de coleta de resíduos. A principal fonte de renda do Município é o turismo, que gera recursos/riquezas estimados em 5 milhões/ano.

Já os pontos fracos são os seguintes: mais da metade da população de Galinhos (56%) está abaixo da linha de pobreza; o Plano Diretor, o Programa Habitacional, o conselho Municipal de Meio ambiente e os Sistemas de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário são inexistentes no Município. que é atendido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que somente dispõe de atenção básica,m enquanto somente 57,6% do Município é urbanizado.

http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/materia/899535
http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/materia/899561
FONTE: CERRO-CORÁ NEWS

domingo, 22 de fevereiro de 2015

O falsificador oculto pode ser uma peça chave

Enquanto repercute nas redes sociais a reportagem do programa “Fantástico” (Rede Globo) sobre o final da investigação do Ministério Público estadual, no qual foi exibida uma gravação do empresário George Olímpio, em que aponta com alguns detalhes o suposto envolvimento do senador José Agripino Maia (DEM) e são reiteradas acusações contra o recém eleito presidente do Poder Legislativo estadual, Ezequiel Ferreira de Souza Filho, o MP deixou de apresentar um suspeito ou esclarecer totalmente quem seria uma outra peça chave do processo judicial a ser aberto com a denúncia oferecida na sexta-feira da semana passada.
A pessoa, de sexo desconhecido, que falsificou a assinatura do ex-presidente da Assembléia Legislativa e atual governador potiguar, Robinson Faria, certamente poderá vir a ser uma importante testemunha de acusação ou de defesa, mesmo acusada de um crime, além do próprio George Olímpio, para levar a condenação, ou não, dos supostos envolvidos no esquema de corrupção denunciado pelo empresário ao Ministério Público.
Sabe-se que em qualquer processo quem acusa precisa obter provas testemunhas e materiais (técnicas), mas pelo que li na imprensa e em mídia eletrônica, deixou transparecer que o governador Robinson Faria se submeteu a exame grafotécnico para comprovar se a assinatura seria dele, sendo constado que houve uma imitação.
Cabe a pergunta. Se o MP comprovou que a suposta assinatura do governador é  falsa, não deveria pedir exame grafotécnico de todos os denunciados na “Operação Sinal Fechado”, entre eles o empresário George Olímpio e o deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza?



Confrontos de América x Globo

O clube americano enfrentou o Globo pela primeira vez numa terça-feira, em 2013, em jogo-treino, no Estádio Manoel Barreto, quando o time de Ceará-Mirim se preparava para debutar em competição oficial, a segunda divisão do campeonato potiguar. Deu América: 6 x 0.
Com o Globo campeão da “segundona” os times se enfrentaram quatro vezes pela primeira divisão do campeonato estadual do ano seguinte, sendo um jogo pelo primeiro turno, um pelo segundo, e mais dois pela decisão final da competição.
Ainda em 2014, uma quarta-feira, no intervalo da Série B, devido a Copa do Mundo, o América perdeu um amistoso no Estádio José Nazareno do Nascimento, em Goianinha. 1 a 2.
Com o resultado deste domingo o embate chega a cinco partidas oficiais e um amistoso. Com a previsão de mais um no segundo turno e mais dois pela Copa do Brasil, contando com o jogo-treino, se totalizará uma dezena de partidas.
Errata: informamos em post anterior que o atacante Max fez um dos dois gols do América neste domingo. Na verdade o autor do goal, o primeiro dos rubros, foi do meia Daniel Costa.

CONFRONTOS
22 de fevereiro de 2015 – América 2 – 1 Globo
9 de julho de 2014 – América 1 x 2 Globo
30 de abril de 2014 – América 0 x 0 Globo
16 de abril de 2014 – Globo 1 x 2 América
23 de março de 2014 – América 2 x 0 Globo
19 de março de 2014 – Globo 2 x 1 América
9 de junho de 2013 – Globo 0 – 6 América











América pode consolidar liderança na próxima rodada

A quinta rodada do primeiro turno (Copa Cidade do Natal) acontece no meio da semana com cinco jogos, portanto envolvendo os dez clubes que participam da primeira fase da competição.
Na quarta-feira (25) o América enfrenta o Palmeira com mando de campo do alvirrubro (Arena das Dunas. Na mesma noite Corintians x Globo, no Dinarte Mariz (Caicó), e Força e Luz x Santa Cruz, no Manoel Barreto (Ceará Mirim).
Ainda na quarta Alecrim x Baraúnas, no “Ninho do Periquito”, oficialmente Estádio Luiz Rio Bacurau, no distrito de Santo Antonio do Potengi, no município de São Gonçalo do Amarante (Grande Natal).

O complemento da rodada ocorre na quinta-feira. O Potiguar recebe o ABC no Estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró (Região Oeste).

América/RN lidera o campeonato potiguar

Acabou há pouco o reencontro de América e Globo, respectivamente campeão e vice do Estadual do ano passado, no complemento da quarta rodada do primeiro turno (Copa Cidade do Natal) do campeonato norte-rio-grandense de futebol.
No jogo realizado no Estádio Arena das Dunas, no bairro de Lagoa Nova, o clube alvirrubro da capital ganhou do time de Ceará Mirim por 2 a 1.
Os demais jogos da tarde deste domingo: no Estádio Ibere Ferreira, Santa Cruz 2 a 1 Corintians (Caicó). No Estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró, Potiguar 2 x 0 Palmeira (Goianinha).
Pelo andar do campeonato América e Globo se enfrentam novamente pelo segundo turno (Copa Rio Grande do Norte), além das duas partidas pela Copa do Brasil, marcada para os dias 1 e 15 de abril, duas quartas-feiras.
Antes do jogo o atacante Max recebeu uma placa comemorativa aos 50 gols marcados pelo América, acontecido no jogo com o Corintians, no domingo, 8.
A seguir a súmula do embate em Natal e classificação geral da primeira fase da competição.

FICHA TÉCNICA
América 2 x 1 Globo
Árbitro: Lenílson de Lima/RN
Assistentes: Aldeilma Luzia da Silva e Gilvânia Dantas da Silva
Gols: Max 29, Renatinho 38/1 e Flávio Boaventura 13/2
América: Bussato, Walber, Flávio Boaventura, Zé Antonio Potiguar, Judson, Maguinho, Emerson (João Vítor), Daniel Costa (Júnior Timbó), Max, Cascata e Tiago Potiguar (Tiago Dutra). Treinador: Roberto Fernandes
Globo: Rafael, Glaubinho, Marcelo, Robson, Leomir (Rivaldo), Ramon, Romarinho, Joziclay, Renatinho Potiguar (Giovane), Marcel (Indio Oliveira) e Muller. Treinador: Leandro Sena

CLASSIFICAÇÃO
América: 10 (saldo: seis)
ABC: 10 pontos (saldo: cinco)
Globo: 9
Baraúnas: 7
Potiguar: 6 (saldo: zero)
Alecrim: 6 (saldo: - dois)
Santa Cruz: 6 (saldo: - dois)
Palmeira: 3
Corintians: 2

Força e Luz: zero

América e Globo ‘brigam' pela liderança do Estadual

Começa em instantes, no Estádio Arena das Dunas (Lagoa Nova), o reencontro de América e Globo, respectivamente campeão e vice do Estadual do ano passado, no complemento da quarta rodada do primeiro turno (Copa Cidade do Natal) do campeonato norte-rio-grandense de futebol. 
Em andamento, nesta tarde, mais dois jogos: no Estádio Ibere Ferreira, em Santa Cruz, o tricolor local empata em 1 a 1 com Corintians (Caicó). No Estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró, Potiguar 2 x 1 Palmeira (Goianinha).
Pelo andar do campeonato América e Globo se enfrentam novamente pelo segundo turno (Copa Rio Grande do Norte), além das duas partidas pela Copa do Brasil, marcada para os dias 1 e 15 de abril, duas quartas-feiras.
Abaixo as escalações de América x Globo.

América: Bussato, Walber, Flávio Boaventura, Zé Antonio Potiguar, Judson, Maguinho, Emerson, Daniel Costa, Max, Cascata e Tiago Potiguar. Treinador: Roberto Fernandes
Globo: Rafael, Glaubinho, Marcelo, Robson, Leomir, Ramon, Romarinho, Joziclay, Renatinho Potiguar, Marcel e Muller. Treinador: Leandro Sena

Árbitro: Lenilson de Lima/RN

Um crime escondido numa denúncia. O mistério da falsificação da assinatura do governador

Posso estar enganado, mas creio que nenhum dos três jornais diários da capital potiguar (dois matutinos e um vespertino) e a maioria dos portais, sites e blogs, atentaram para um crime praticado por alguém, supostamente ainda não conhecido, com o fim de praticar outros delitos investigados na ‘Operação Sinal Fechado’.
Trata-se da falsificação da assinatura do governador Robinson Faria (PSD). E justiça seja feita: apenas a revista eletrônica a CARTA POTIGUAR, em texto assinado pelo comentarista Daniel Dantas, aborda o assunto em postagem da sexta-feira, 20, logo após a entrevista coletiva do procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis.
Na ocasião foi revelada denúncia contra o deputado estadual e recém eleito presidente da Assembléia Legislativa do RN, o currais-novense Ezequiel Ferreira de Souza, que teria recebido propina de R$ 300 mil do empresário George Olímpio, com o fim de aprovar uma lei para possibilitar o aceleramento para a inspeção veicular obrigatória.
Assim sendo, enquanto grande partida da torcida espera o programa “Fantástico” (Rede Globo) o falsificador da assinatura do ex-presidente do Poder Legislativo estadual e ex-vice-governador, atual ocupante da cadeira do Poder Executivo, pode cair no esquecimento.