sábado, 5 de agosto de 2017

América/RN perde para a Juazeirense e precisa de milagre na volta

América 0 – 3 Juazeirense
Data: sábado, 5/8
Competição: Série D
Estádio: Adauto Moraes
Cidade: Juazeiro/BA
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira/MG
Gols: Alex Sandro 15/2, Nem 20 e Salatiel 40
América: Fred, Marcos Júnior, Dão, Paulão, Robson, Danilo Silva, Jonathas, Sidney (Richardson), Cascata (Guilherme), Uederson e Tadeu (Jean Silva). Treinador: Leandro Campos

Juazeiro: Tigre, Capone, Emílio, Sílvio, Waguinho, Deca, Júnior Gaúcho, Juninho Tardelli, Nem (Cleber), Salatiel e Alex Sandro (Rayllan). Treinador: Carlos Rabelo

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Senador comete gafe em discurso sobre a violência

O senador paraibano Raimundo Lira (PMDB), em discurso nesta sexta-feira (4), sobre a violência reinante no país, tendo como pano de fundo um assalto numa cidade satélite, que culminou com um comerciante conterrâneo baleado na cabeça e internado em estado de coma no Hospital de Base em Brasília (Distrito Federal), trocou as bolas.

Lira comparou os assaltantes de banco que atuam no interior do Brasil com os antigos cangaceiros, alcunhados de “novo cangaço”, porém citou o presidente Jusscelino Kubitschek de Oliveira (56/60) como o responsável pela eliminação do banditismo nordestino.


Na verdade o cangaceirismo histórico acabou entre 38, primeiro com a morte de Virgolino Ferreira (Lampião), e 40, com a eliminação de Cristino Gomes da Silva Cleto (Corisco, o Diabo Louro), durante o Estado Novo, do gaúcho Getúlio Dorneles Vargas.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

As bizarrices do regime bolivariano da Venezuela

Um ditador de “bigodón” é uma das semelhanças com o alemão Adolf Hitler e com  o russo Josef Stalin. As aparições histriônicas a exemplo do chefete morto, Hugo Chaves. O discurso melodramático ou fanfarrão. Tudo parece esconder uma mente fora da realidade. Porém cruel.

Além disso, os vídeos em que aparece ora saltitante, ora conversando com vacas. Em outro momento apresenta uma arma “secreta” para ser usada contra o povo. Na cidade ou no campo.

Trata-se de uma espécie de um fuzil (?) com base montada numa carrocinha de acento desconfortável. O artilheiro fica de costas para um motoqueiro responsável pelo transporte da geringonça bélica.

Nicolas Maduro é o espelho embaçado de um País arrasado financeiramente, economicamente, socialmente e psicologicamente.

Caracas perdeu as principais ligações aéreas: Gol, LATAM, Aeromexico, United Airlines, Iberia, Caribbean Airlines, Insel Air, Aruba Air, Air Canada, American Alines, Delta, Lufthansa, Avianca, Gol e Air France suspenderam as operações sem data para retorno.

A portuguesa TAP e a American Airlines ainda mantém os vôos internacionais para a Venezuela. É uma espécie de serviço público aos 400 mil emigrantes portugueses no país e que fonte oficial da companhia aérea diz que é para manter.

sábado, 22 de julho de 2017

América/RN vence o Ceilandia e joga pelo empate na volta pela Série C

América 1 – 0 Ceilandia
Data: sábado, 22/7
Competição: Série C
Estádio: Maria de Loudes Abadia
Cidade: Ceilandia/DF
Árbitro: Roger Goulart/RS
Gols: Jean Silva 31/2
América: Fred, Marcos Júnior, Dão, Paulão, Danilo, Sidnei, Jonathas, Guto (Richardson), Cascata (Guilherme), Tadeu e Uederson (Jean Silva). Treinador: Leandro Campos

Ceilandia: Artur, Dudu Lopes, Elivelto, Pedrão, Badhuga, Vitão (Edson Pacujá), Emerson Martins, Liel, Filipe Cirne (Carlos Henrique), Betinho e Dim (Lauro César). Treinador: Adelson de Almeida

domingo, 18 de junho de 2017

Movimento gay é desinformado e o repórter não sabe da história

“Em defesa do Estado laico e apoio ás ‘diretas já’, parada gay atrai multidão em SP.”

O título entre aspas é da reportagem do site Universo On Line (UOL) e reproduzida por um blog da capital potiguar.

No começo da manhã do sábado eu li uma nota de cinco ou sete linhas sobre o desfile da turma LGBT.

Em um primeiro momento não percebi. Entretanto, na madrugada deste domingo, ao ler outro texto detalhado algo me chamou a atenção: o lema.

- Independente de nossas crenças nenhuma religião é lei. Todos e todas por um Estado laico. Eis o tema de protesto da parada 21 do elegebete.

Desde a Proclamação da República (15/11/1889), com a Constituição subseqüente, que a Igreja (na época a Católica Apostólica Romana a mais influente junto ao II Império ou regime monárquico) é separada do Estado.


O resto da reportagem é só discurso 'discutível'...

sábado, 17 de junho de 2017

Polemico ensaísta eleva escritores nordestinos ao panteão da ciência social

O polemico filosofo paulista Olavo de Carvalho, radicado nos Estados Unidos da América, em postagem na rede social Facebook, em pequeno comentário sobre a prática das ditas ciências sociais, cita, categoricamente, o vácuo deixado pelo pernambucano Gilberto Freyre e o norte-rio-grandense Luis da Câmara Cascudo.

O jornalista e professor Olavo de Carvalho, que há quase uma década reside no Estado da Virgínia (costa leste), é devastador, como se nota no que escreve, sendo crítico contumaz quanto ao esquerdismo nacional.

Eis o que afirma: Eric Voegelin lembra que Max Weber fixou de uma vez para sempre um requisito essencial para a prática das ciências sociais: ninguém tem o direito de pretender ser um cientista social se não tem suficiente conhecimento comparativo de várias civilizações, tanto do Ocidente como do Oriente, em diferentes épocas do seu desenvolvimento.


Nesse sentido, desde as mortes de Gilberto Freyre e Luís da Câmara Cascudo não existe NENHUM cientista social no meio acadêmico brasileiro.

terça-feira, 13 de junho de 2017

No nascimento e na morte só existe homem ou mulher

Você pode ser operado, tirar a rola e por uma orelha de porco. Você pode por uma tripa de bode na vagina.

Entretanto, biologicamente e anatomicamente, continuará sendo, pela fisiologia, do sexo masculino ou feminino.

O gênero é humano. E o sujeito gramatical: “a” e “o”. Não muda a composição dos cromossomos y (feminino) e x (masculino) da hélice do DNA (ácido desoxirribonucléico) da célula.

E na medicina criminalística legal, para identificar se um esqueleto, por exemplo, é de homem ou mulher se recorre a Ciência e a técnica.

A pélvis ou a bacia, aquele grande osso do corpo, é diferente no homem e na mulher. São as medidas desiguais que possibilitam a identificação.

Dizia o saudoso e competente perito criminal do Instituto Técnico-Científico (ITEP), major Paz Pinto, em linguagem compreensível para o curioso repórter: - No homem a bacia é mais estreita e na mulher mais larga (o que dá a condição para o parto natural).


Em condições normais de reprodução da espécie... Outras questões são meramente de comportamento, de viés ideológico, do cérebro de cada de cada um, pois cabeça de gente é terra que ninguém anda...